Barra de vídeo

Loading...

Dúvidas Frequentes: Eu costumava alcançar estas notas no tom original, mas não alcanço mais. O que houve?

As causas mais comuns desta reclamação, são:

1.Se você tem menos de 25 anos, provavelmente as mudanças hormonais estão modificando sua área de transição para o grave. mudanças de naipe ocorrem velozmente, sobretudo na fase de puberdade.
A vozes femininas encerram a mudança brusca um pouco depois das primeiras menstruações, e as masculinas costumam mudar bruscamente até os vinte e poucos anos.
Já vi casos em minha classe, de meninas mudarem de classificação de soprano para mezzo em um semestre, o de meninos mudarem de barítono para baixo em um semestre, ou um ano. O caso mais radical que vi, foi uma aluna minha, na época com 11 anos, que teve sua transição modificada em um tom e meio em 4 meses. Estávamos preparando uma música para apresentação, que iniciou os ensaios no tom de Fa# e foi apresentada em Eb. Isso não significa que a pessoa está perdendo o alcance de agudos, mas que os encaixes nas regiões sofreram modificações pela mudança de voz. A solução apropriada seria mudar a tonalidade para recuperar os encaixes, ou reestudar a música no tom anterior reestabelecendo os encaixes dos apoios como se estivesse estudando uma nova música. Apoiar as notas como de costume adaptado para uma voz que antes estava mais aguda em transição, pode não funcionar, resultando em desafinação, problemas na respiração, desgaste, etc. Se você se identificou com esta razão, Crie o hábito de anotar nas folhas das letras, a tonalidade e a data em que você estudou a música. Isso irá poupar a perda de tempo e o desgaste emocional no futuro.

2.Se você é mais velho do que isto, a sua voz também pode ter mudado. Um adulto não muda em um tom a transição dentro de um ano, mas pode mudar em 10 ou 15 anos.
Cantores experientes como Dio e David Coverdale, sempre souberam disso e portanto alteram a tonalidade das músicas ao vivo, sobretudo de músicas que foram gravadas há mais de 20 anos.
Vozes escuras e pesadas se modificam muito mais com a idade do que vozes leves e claras, e isso explica porque é que o Coverdale muda os Tons e o Steven Tyler não.
A mudança por idade também confere mais peso e corpo ao grave e isso facilita a aplicação de agressividade e rasgados.
No caso das mulheres, a fase de gravidez pode mudar a voz de forma acelerada. Lembro de meu professor de faculdade, Ricardo Tuttmann, me contando sobre cantoras que eram lírico ligeiro e tiveram que mudar de repertório para soprano lírico por conta das mudanças hormonais. No meu caso, tenho 2 filhos, minha transição desceu um semitom na primeira gravidez e mais um na segunda. Isso significa que uma música que eu cantava no tom original antes, agora faço um tom abaixo para encaixar corretamente. Na maioria dos casos dá pra sobreviver cantando no tom anterior, mas muitas vezes isso pode soar estridente e forçado.

3.A musculatura está mais flácida do que antes.
Assim como um atleta que parou de treinar pode sofrer para correr uma maratona, uma pessoa que costumava ter uma rotina de aulas e ensaios e está cantando só no chuveiro há tempos, vai se cansar ou pifar nos extremos. Exercícios e prática vão retomar aos poucos a musculatura.

4. Faltou Aquecimento antes de cantar.
Esperar um rendimento esplêndido sem aquecer ao menos por 5 ou 10 minutos antes é o equivalente a esperar que um feijão cru tenha o mesmo gosto do Feijão da mamãe.

5.O cantor precisa de manutenção ou descanso.
Estar mal dormido, mal alimentado, com a voz desgastada por gritar e falar demais, etc é o equivalente a tocar uma guitarra com cordas velhas ou o braço empenado.

6. Ingestão de Comidas que encatarram ou ressecam o aparelho fonador:
Isso depende muito da pessoa. Existem desde os extremos de cantores que bebem, fumam, tomam laticínios e não se abalam com absolutamente nada até os super sensíveis que precisam policiar a alimentação horas antes e todas as nuances entre um e outro. Interessa observar durante os estudos e ensaios, o que afeta seu corpo e instrumento, para não ser surpreendido com uma desafinada ou engasgada inesperada no meio de uma interpretação.
Para ler mais sobre os principais alimentos que podem encatarrar ou ressecar o aparelho fonador, confira o post Alimentos a Evitar Antes de Cantar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários